Ciclismo para iniciantes
Tilha de mountain bike
Tipos de suspensão de bicicletas

Ciclismo para iniciantes: o que eu preciso saber antes de pedalar?

Trilha de mountain bike: passos que você precisa seguir antes de encarar uma!

Guia completo: tipos de suspensão de bike e para o que elas servem

Andar de bike é uma atividade capaz de transformar a vida das pessoas. Está pensando em começar? Confira aqui dicas incríveis sobre ciclismo para iniciantes.

Buscar uma rotina mais saudável e fugir das aglomerações dos transportes públicos tem motivado muita gente a andar de bicicleta. Conforme uma apuração da Aliança Bike, apenas no ano de 2020 foram vendidas 6 milhões de magrelas. Ainda, a projeção é de que durante 2022 este número aumente, conforme a produção de matéria-prima. Por isso, se você faz parte de um grupo de ciclismo para iniciantes, algumas informações são essenciais para lhe ajudar.

Separei neste artigo, dicas que serão valiosas no seu dia a dia enquanto pedala. Tipo de bike, equipamentos de segurança, benefícios da bicicleta e muito mais. Vamos lá?

1. Ciclismo para iniciantes e a bicicleta ideal

Bike Black Orange

Escolher a sua bicicleta é um fator crucial para iniciar as pedaladas. Entretanto, isso não significa que é necessário investir, logo, em um modelo de última geração. Porém, tenha em mente que a decisão certa vai depender muito do tipo de ciclismo que você pretende praticar. Por isso, na hora da compra lembre-se de levar em consideração o objetivo de uso da bike.

Se você quer apenas comprá-la para lazer, por exemplo, opte por bicicletas de passeio. Elas são mais simples, mas apresentam uma ótima performance em ciclovias e parques. Entretanto, se o seu desejo é usar a magrela para praticar esportes, é interessante conhecer as modalidades do ciclismo e qual é a bike ideal para cada uma. Desse jeito, será mais fácil adaptar-se a diferentes terrenos, pistas e apresentar um bom desempenho.

Além disso, é importante que a bicicleta seja confortável e adequada ao seu biotipo. Mesmo um modelo de ciclismo para iniciantes, mais básico, tem diferentes tamanhos de quadro e roda. Assim como há diferenças na altura e regulagem de selim e guidão. Todos estes fatores influenciarão na pedalada. Portanto, a melhor dica é fazer o bike fit em uma loja especializada.

2. Invista em equipamentos de segurança

ciclista utilizando capacete de segurança na trilha de mtb

Quando se trata de ciclismo para iniciantes não podemos esquecer de falar sobre segurança. Para evitar que algum incidente aconteça, é indispensável o uso de equipamentos básicos como o capacete adequado. Busque um modelo com boa ventilação, fácil travamento e de material com qualidade garantida. Depois, pense em óculos que filtrem o excesso de luminosidade e protejam seus olhos contra o vento, poeira e insetos. De modo geral, os equipamentos de segurança funcionam assim:

  • Capacete: amortecem impactos causados em quedas, sendo o item mais importante para o ciclista;
  • Óculos: evitam insetos, protegem do sol ou sujeiras que possam afetar os olhos;
  • Farol: trará visibilidade durante a pedalada, evitando acidentes;
  • Buzina: uma forma de sinalizar quando for necessário;
  • Luvas: absorve as vibrações, evitando lesões e dores.

3. Cuide da sua alimentação e mantenha-se hidratado

Como em qualquer outro esporte, o cuidado com a alimentação é muito importante no ciclismo para iniciantes e veteranos. De forma geral, quem pedala deve privilegiar uma alimentação rica em carboidratos. Isso, por causa do alto consumo calórico exigido pela atividade. No entanto, evite ingerir alimentos muito pesados e de difícil digestão antes da prática, com frituras, doces e carnes.

O ideal, nesse momento, é escolher comidas leves e com baixo teor glicêmico, como biscoito integral, frutas e sucos. Durante a pedalada, opte pelos suplementos específicos como gel de carboidratos, por exemplo. Ao final, a indicação para repor o foi perdido, são as combinações entre proteína e carboidrato. Pães integrais, frango, castanhas, nozes e similares. Mas para acertar de fato nesse quesito, a melhor ideia é procurar um nutricionista para atletas. Só ele poderá lhe passar uma dieta realmente eficiente.

Outro ponto tão importante quanto a alimentação é a hidratação. A principal dica nesse sentido é não esperar para beber água apenas quando sentir sede. Quando isso acontece, seu organismo já está dando sinais de desidratação. Portanto, inclua na rotina o hábito de ingerir água constantemente durante a pedalada. E também ingerir muita água nos dias anteriores e depois do exercício. Dessa forma você estará sempre resistente pra percursos mais longos.

4. Utilize roupas adequadas

A vestimenta é um ponto importante para os ciclistas, principalmente por conta do assento da bike. Como você passará a maior parte do seu tempo sentado é bom evitar qualquer tipo de dor ou desconforto na região dos glúteos. Assim, é interessante optar por uma bermuda de ciclismo. Ideais para esse esporte, elas possuem uma almofadinha acoplada em seu forro no formato do selim. Desse jeito, evitam que você tenha dores ou sinta algo durante a pedalada.

Da mesma forma, a camiseta de ciclista tem a praticidade de bolsos estratégicos. Ela também é feita em um tecido que privilegia a ventilação e melhora a sensação térmica. Coloridas, as roupas para rodar de bike ajudam na sua sinalização e identificação na rua ou trilha. Por isso, investir nesse tipo de acessório agrega muita segurança, além de conforto.

5. Tenha sempre um Kit de Ferramentas

ciclista fazendo reparo no pneu da bicicleta

Para não ficar no meio do pedal, tenha sempre com você um kit ferramentas. Além de lhe salvar nos momentos inesperados,ele também lhe ajudará com a segurança. Se você acompanha o blog da Black Orange, provavelmente já sabe que não é necessário carregar muitos itens. Um bom conjunto de ferramentas básicas será o suficiente para lhe tirar de algum sufoco. Veja abaixo quais são elas:

  • adaptador de válvula;
  • vedação de furos;
  • chave inglesa.
  • câmara de ar;
  • bomba de ar.

Estes são só alguns exemplos básicos do que pode ser colocado em sua bolsinha de pedal. Para conhecer melhor quais acessórios levar, confira um artigo completo sobre o assunto em nosso blog.

Como o assunto aqui é ferramentas no ciclismo para iniciantes, aprender a fazer o básico em manutenção mecânica é um ótimo ponto. Mas não se assuste! Não há a necessidade de ser algo muito aprofundado. Itens como reparar e trocar pneus, substituir a câmara de ar, consertar a corrente, efetuar ajustes no câmbio e no sistema de frenagem farão a diferença na hora do aperto.

Entretanto, isso não significa que você não possa pedalar caso não tenha essas habilidades. Enquanto não se sentir confiante para executar essas pequenas ações, peça conselhos a amigos, assista vídeos ou procure um curso voltado para esse tipo de situação.

6. Faça revisões periódicas

A principal dica no ciclismo para iniciantes é sempre colocar a segurança em primeiro lugar. Por isso, mantenha a manutenção da sua bike em dia. As revisões são essenciais para diminuir riscos de quebra e falhas durante o uso. Consequentemente, assim você evita acidentes e não será pego de surpresa por situações indesejadas.

Esse tipo de check-up pode ser feito periodicamente, levando em consideração a quilometragem da magrela e variando de acordo com o seu uso. Por isso, é importante ter uma oficina de confiança para realizar esse serviço. Um local onde você poderá levá-la sempre que houver algo a ser ajustado.

7. Alongue-se!

Ciclista fazendo alongamento antes de usar a bike

Muitas vezes ignorado no ciclismo para iniciantes, o alongamento é essencial para uma boa performance. Além de colocar seu corpo para se movimentar antes do treino, ele prepara seus músculos e os deixa prontos para a carga da pedalada. Contudo, um aquecimento bem feito pode melhorar a irrigação sanguínea e ampliar a flexibilidade. Então, levante mais cedo, tome seu café e reserve um tempinho para isso. Você vai ver que o seu desempenho vai melhorar bastante, além de ficar com o corpo relaxado.

Também, é importante lembrar que existem alongamentos específicos para antes e depois do treino. Portanto, essa prática não deve ser descartada em nenhum destes dois momentos. Assim, você evita incômodos e possíveis lesões que poderiam te deixar parado por um bom tempo. Serão apenas alguns minutos antes e após, que vão fazer total diferença no seu pedal.

7. Estude os locais antes de sair

No ciclismo para iniciantes faça trajetos que você conheça, que tenham ciclovias ou ciclofaixas. Isso fará com que você se sinta mais confiante e ajudará para que não se perca. Com o tempo, vai ser comum explorar novos percursos e ambientes, mas isso deve acontecer com calma e experiência. Andar de bicicleta exige paciência e bastante treino, por isso, não desista!

Antes de sair, procure no Google Maps as vias mapeadas em sua região. Outra dica interessante neste começo é pedalar em terrenos e lugares em que não há o risco de graves ferimentos se você cair. Se quiser tentar um local desconhecido, vá com calma para entender a superfície aos poucos.

8. Entenda seus limites

Começar a pedalar pode ser muito desafiador e também muito divertido. Mas entender seus limites e os limites do seu corpo é primordial. Se você for aderir o ciclismo para iniciantes, comece com calma, para que eu seu corpo vá se adequando ao esporte. Dessa forma, ele criará resistência e se acostumará com a rotina sobre duas rodas.

Então vá devagar, aumente a distância do seu roteiro aos poucos e não tenha pressa. Às vezes, extrapolamos demais nas pedaladas, forçando o corpo, quando na verdade só precisamos seguir o nosso ritmo. Porém, respeitar o seu processo é muito importante, para que você entenda e acompanhe a sua evolução. Com dedicação e prática, você conseguirá resultados superiores ao atual.

Aplicativos de ciclismo: como eles podem ajudar?

ciclista usando aplicativo strava

Seja para criar um senso de competição, monitorar o corpo, fornecer informações de ritmo ou mostrar caminhos seguros, os aplicativos são ótimos para ajudar na pedalada. Uma das opções responsáveis por incorporar esses aspectos no treino tem sido o Strava, app que faz o acompanhamento de atividades físicas registrando o desenvolvimento durante o treino.

Integrado a um GPS, ele coleta informações como distância, velocidade média e máxima, altitude, batimentos cardíacos, rotas e muito mais. Com base nesses dados, ele calcula o desempenho do ciclista e disponibiliza um histórico completo. Tanto no profissional quanto no ciclismo para iniciantes isso é bastante interessante, pois entrega uma visão global do pedal. Conectado, ele também funciona como uma verdadeira rede social com recursos para compartilhamentos, curtidas e postagens. Assim, fica mais fácil encontrar pessoas que têm um estilo de vida sob duas rodas.

Por isso, aplicativos desse tipo são ótimos para se usar enquanto pedala. Muito além de registrar dados, eles promovem uma verdadeira integração entre apaixonados por bikes. Vale a pena conhecer e começar a usar!

Dicas práticas para o pedal

Com todos os conselhos de ciclismo para iniciantes, ficará mais fácil sair rodando logo por aí. Entretanto, algumas são essenciais para te ajudar no domínio da sua bicicleta. São técnicas simples, mas que ajudam principalmente nos pedais dentro da cidade. Confira logo abaixo: 

  • frear em descidas colocando o corpo em posição atrás do selim;
  • passar por buracos na rua flexionando braços e pernas;
  • manter a mesma velocidade por áreas retas;
  • fazer curvas mais fechadas sem parar a bike;
  • equilibrar-se na bicicleta em baixa velocidade;
  • subir ladeiras curtas sem parar no meio delas;
  • passar por cima de obstáculos;
  • descer e subir o meio-fio;
  • trocar marchas na subida.

Se você está pensando em seguir no ciclismo para iniciantes, tenho certeza de que com as dicas acima conseguirá rodar o mundo em cima da magrela. Afinal, seja para manutenção da saúde, superação de limites ou pela sensação de liberdade, andar de bike é um esporte apaixonante.

Além disso, não há dúvidas de que o hábito de pedalar proporciona inúmeros benefícios para quem o pratica. Você ainda não sabe quais são? Então confira no blog da Black Orange um artigo completo com todas as vantagens físicas e mentais desse esporte. Até lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens relacionadas